Egresso UNISUAM pesquisa redução do impacto da COVID-19 a partir da BCG


Egresso UNISUAM pesquisa redução do impacto da COVID-19 a partir da BCG

As notícias mais aguardadas dos últimos tempos são relacionadas ao COVID-19. Temos vacina? Temos algum tratamento efetivo? Temos algum meio para neutralizar ou reduzir os impactos da doença? 

As expectativas estão nas alturas com a população começando a ser imunizada e onde tem notícia boa, pode apostar que tem Coruja! Pois é! Ivan Maia, egresso do curso de Nutrição UNISUAM, participa de uma pesquisa sobre a redução do impacto da COVID-19 a partir da vacinação ou revacinação com BCG.


👉 O Globo Aponta: UNISUAM é TOP 10 Universidades Particulares do Rio


Ivan, que atua na área de Pesquisa Clínica efetivamente desde 2012, como Monitor de Estudos Clínicos e Qualidade, e, hoje, ocupa o cargo de Gerente de Dados e Qualidade do Estudo BRACE TRIAL BRASIL (BTB), conta tudo sobre o estudo.


O que é o BRACE TRIAL?

O BRACE TRIAL é um ensaio clínico de fase III, que tem como objetivo avaliar se a vacinação ou revacinação com BCG pode reduzir o impacto da COVID-19 em trabalhadores de saúde, população mais exposta ao novo Coronavírus. 

No total, o estudo irá vacinar 10.000 voluntários na Austrália, Reino Unido, Espanha, Holanda e Brasil. Mundialmente, o projeto é liderado pelo pesquisador australiano Nigel Curtis, do Murdoch Children’s Research Institute, e financiado pela Fundação Bill e Melinda Gates (Gates Foundation).


Qual é o objetivo da pesquisa?

A BCG (Bacillus Calmette-Guérin), utilizada para prevenir as formas graves de tuberculose na infância, também é reconhecida por gerar uma resposta imunológica ampla contra outras infecções.

Estudos sugeriram que a vacina poderia oferecer proteção contra a COVID-19 por suscitar ação celular contra organismos como vírus, bactérias, protozoários intracelulares, por meio da resposta imune inata.  

“Além de oferecer proteção contra tuberculose, ensaios clínicos realizados em diversos países apontam a ação da vacina BCG em outras infecções. Um ensaio clínico da Activate, na Grécia, de revacinação com BCG em idosos demonstrou uma redução de 79% de infecções respiratórias após um ano de acompanhamento. Na África do Sul, estudos mostraram que a vacina reduziu em 73% as infecções no nariz, na garganta e nos pulmões”, destaca Ivan. 


BRACE TRIAL BRASIL (BTB)

A Fundação Oswaldo Cruz – FIOCRUZ, por intermédio da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP), iniciou os testes, no Rio de Janeiro, do BRACE TRIAL BRASIL (BTB), estudo com a vacina BCG, que visa reduzir o impacto da COVID-19 em trabalhadores da área de Saúde. 

Esta fase da pesquisa, que abarcará 1.000 voluntários, está sendo coordenada por Margareth Dalcolmo, Pneumologista e Pesquisadora da FIOCRUZ, e o recrutamento dos voluntários será feito no Centro de Referência Professor Hélio Fraga (CRPHF), em Curicica, e no Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh), no campus Fiocruz Manguinhos. 

De acordo com Ivan, antes de receber a vacina, os voluntários passarão por entrevista e testagem (PCR). Após esta etapa, já vacinados, serão acompanhados pela equipe de pesquisa por até 1 ano por meio de ligações telefônicas semanais. Caso apresentem qualquer sintoma de COVID-19, poderão fazer a coleta do swab nasal (PCR) para avaliar a presença de Sars-Cov-2. Além disso, retornos trimestrais serão agendados para verificar a presença de possíveis infecções assintomáticas.   

“Sabemos que essa vacina confere uma proteção imunológica bastante variada e a hipótese a ser demonstrada é se a BCG poderá nos proteger contra os episódios da COVID-19 ou, pelo menos, atenuar a virulência de cada um deles”, ressalta ele. 


Quer ser voluntário para a pesquisa?

Poderão participar do estudo trabalhadores da área de Saúde, tais como Enfermeiros, Médicos, Técnicos, Fisioterapeutas, Recepcionistas, Porteiros e alunos de Graduação em Saúde maiores de 18 anos. Outros critérios para ser voluntário são não ter sido infectado pela COVID-19, não ter se vacinado com vacinas aprovadas para COVID-19 (Coronavac e Astrazeneca) e não estar participando de outro ensaio clínico.


👉  Quero me inscrever agora! 



Quem é Ivan Maia?



Ex-aluno do curso de Nutrição UNISUAM, Ivan é Especialista em Monitoria de Ensaios Clínicos (INI-FIOCRUZ) e Especialista em Pesquisa Clínica (HAOC-DECIT). Atua na área de Pesquisa Clínica efetivamente desde 2012, como Monitor de Estudos Clínicos e Qualidade. Ocupa, hoje, o cargo de Gerente de Dados e Qualidade do Estudo BRACE e mantém a sua atuação em monitoria e qualidade em outros estudos no Centro de Referência Professor Hélio Fraga (CRPHF) e no Lapclin – TB no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI – FIOCRUZ).



Vem ser UNISUAM e deixe a sua marca no mercado!

Matrículas abertas

Conheça o curso de Nutrição UNISUAM!





Por

Analista de Comunicação e MKT/Jornalista/Revisora - Especialista em produção de conteúdo com foco em alta performance

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nenhum comentário